Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘vontade’

Calmaria x Agitação

Ah o amor!

Ah a paixão!

A calmaria precisa de agitação.

E a agitação precisa de calmaria.

Um não vive sem o outro.

Eu não vivo sem um ou outro.

Não suporto quando as coisas estão nos seus devidos lugares.

Dá vontade de bagunçar tudo de novo.

Tirar tudo do lugar, só pra ter o trabalho de colocar de volta.

É bom saber que está tudo certinho, mas cansa

ver as coisas no mesmo lugar de sempre.

Me pergunto: – E se por ventura algo ficar fora do seu lugar?

Eu respondo: – Então, é porque aquele não era o local adequado

 

 

Sensação

Uma sensação de vazio

Sensação de algo incompleto

Saudades…

Vontade de um colinho e de um chamego

Vontade de você…

Desejo de me entregar inteira

Desejo de tirar os pés do chão e levitar

Desejo de você

Tenho vontade, mas não posso.

Tenho vontade de me jogar em seus braços e não sair mais

Mas, não posso.

Tenho vontade de sair correndo ao seu encontro sem olhar para trás

Mas, não posso.

Tenho vontade de ser sua, tão somente sua

Mas, não posso.

Assim como tenho vontade que sejas somente meu

Mas, você não pode.

Vontades que me invadem a qualquer dia e a qualquer hora

Mas, tenho que sufocá-las.

Desejo de ter você ao meu lado na hora de ir dormir

Mas, não podemos.

Desejo então sonhar contigo, pois no sonho eu posso tudo

Mas, nem sempre consigo.

E o tempo vai passando…

 

 

 

 

 

Um pensamento

Pensei que você me amava.

Achei que era amor.

Tantas afinidades.

Tanto desejo e tanta vontade.

Uma sensação maravilhosa de bem querer.

Uma vontade de levitar de prazer.

Vontade de você!

Só você!

Mas, talvez eu tenha me enganado.

Talvez, nem era tanto amor assim…

Sim, nos enganos.

Foram só desencontros.

Palavras ao vento.

Palavras que sequer foram ditas.

Palavras que o tempo levou.

Sim, o tempo.

Implacável tempo!

Tempo que não volta!

Conflito

Conflitos internos

Inevitáveis conflitos

Certezas que viraram dúvidas

Dúvidas que viraram certezas

Uma nuvem teimosa que estacionou em cima de mim

E que não quer ir embora

Vontade de nem sei bem o quê

Ou até sei… Não sei

Mas, tenho medo de saber e entender

Medo, de nem sei bem o que

Apenas, medo e insegurança

Só você

Saudades

Um vazio enorme no peito

Uma dor

Uma sensação de mal estar

Inexplicável

Uma vontade louca de te ouvir

De te sentir

Lembranças de nós dois

Momentos que se eternizaram em minha memória

Vontade de bis

Sempre

Vontade de você

Só você

 

A dúvida

 Um dia desejamos encontrar o amor de nossa vida

Uma paixão

Um desejo

Uma vontade

Aí, este belo dia chega

Encontramos alguém

Alguém que nos faz suspirar

Que nos faz sorrir e chorar

Aí, nos perguntamos se é a pessoa certa

Vem a dúvida de sentimentos

Descobrimos que aquele alguém

Não sente por você o mesmo que você por ele

Tudo é tão complicado

Muito complicado

Vem a dúvida

A incerteza

Talvez a exigência seja grande demais

Não sei ao certo

Talvez queremos muito

Talvez desejamos muito

Idealizamos muito

Não sei

Só sei que a dúvida existe

E a dúvida persiste

 

Nuvem de tags