Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘sonho’

Tenho vontade, mas não posso.

Tenho vontade de me jogar em seus braços e não sair mais

Mas, não posso.

Tenho vontade de sair correndo ao seu encontro sem olhar para trás

Mas, não posso.

Tenho vontade de ser sua, tão somente sua

Mas, não posso.

Assim como tenho vontade que sejas somente meu

Mas, você não pode.

Vontades que me invadem a qualquer dia e a qualquer hora

Mas, tenho que sufocá-las.

Desejo de ter você ao meu lado na hora de ir dormir

Mas, não podemos.

Desejo então sonhar contigo, pois no sonho eu posso tudo

Mas, nem sempre consigo.

E o tempo vai passando…

 

 

 

 

 

O que sinto por você

Como explicar o que sinto por você?

Talvez, eu não consiga traduzir fielmente em palavras meu sentimento por ti

Tanto sentimento e tanta coisa aconteceu

Nesse tão pouco tempo de convivência

Ao mesmo tempo em que, ainda falta tanta coisa para acontecer…

Você é a realização de um sonho

Você é a materialização de uma busca minha

Mas…

Às vezes, torna-se difícil e complicado de administrar esse sentimento

Temos condições de vida limitadas

Você sabe do que estou falando

Medo, angústia, ausência, saudade, ansiedade…

Incertezas que de vez em quando, tomam o lugar do meu amor

Da minha dedicação e do meu desejo por ti

Incertezas, que muitas das vezes, parecem certezas

Que um dia…

Você deixará de ser real e voltará a ser um sonho

Tudo tão simples e tão complicado

Amor

rosa1

Amor, poema ou poesia
Esse sentimento que aumenta a cada dia,

Amor é a alegria de um coração,
Que às vezes não sabe dizer não
Amor: sonho ou realidade,
Talvez seja um passo para a felicidade
Amor: mentira ou verdade,
Às vezes é a própria infelicidade
Amor: choro ou sorriso
Às vezes, a ilusão de viver num paraíso
Amor não tem idade
Seja velho ou menino
Um mar de rosa ou espinhos
Amor, muitíssimos os que amam 
Pouquíssimos os que sabem amar.
Então não se envergonhe,
Se por amor um dia você chorar

Sonho real

conquista

 

Sonho que não quero acordar

Nunca!

Uma verdadeira avalanche de sentimentos e sensações.

Coração acelerado, boca seca, friozinho na barriga, mãos geladas, sorriso fácil…

Uma vontade louca de te ver

Um desejo enorme de te ter

Sinto-me flutuar

Sinto-me levitar

Minha alma quer sair do meu corpo e ir ao teu encontro

Basta fechar os olhos para te sentir perto de mim

Sua voz

Sua risadinha

Seu jeito

Suas palavras

Meu medo é de ter de acordar e perceber que foi só um sonho

Perceber que não é real

Por isso me recuso a acordar

Irei continuar neste sonho

De mãos dadas com você

Caminhando lado a lado

Sentindo-te mais vivo a cada momento dentro de mim e na minha vida

Você foi a melhor coisa que me aconteceu nos últimos tempos

Agora, só posso dizer-te que te adoro, e muito. 

Saudades

saudade

Saudades! Sim… talvez… e porque não?…
Se o nosso sonho foi tão alto e forte
Que bem pensara vê-lo até à morte
Deslumbrar-me de luz o coração!

Esquecer! Para quê?… Ah! como é vão!
Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte
Deve-nos ser sagrado como pão!

Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente me lembrar,
Mais doidamente me lembrar de ti!

E quem dera que fosse sempre assim:
Quanto menos quisesse recordar
Mais a saudade andasse presa a mim!

Por Flor Bela Espanca

Agradecimento

 

obrigada

 

Sabe gente, às vezes eu nem acredito que eu estou aqui escrevendo neste blog?

Parece um sonho e na realidade não deixa de ser mesmo.

Eu andei visitando outros blogs por aí, sobre outros assuntos, dos mais diversos.

E isso só me fez refletir mais e mais sobre a existência do Divã.

Sinto-me tão pequenina nesta blogosfera.

Às vezes penso não ser merecedora de estar aqui, outras, penso que sou uma vitoriosa.

Difícil dizer.

Sei que escrever aqui me faz muito bem.

Novas amizades… Mesmo sendo virtuais, mais são pessoas sinceras e com valores.

Quero mais uma vez agradecer a vocês, agradecer aos comentários, os e-mails e até mesmo as pessoinhas que por aqui passam sem deixar registro.

Obrigada do fundo do meu coração.

Não sei mais viver sem este blog.

Não sei mais ficar um dia sequer sem escrever aqui.

Quando isso acontece por motivo de força maior, eu fico triste e preocupada, pensando…

Eita, hoje nem atualizei o meu blog.

É como uma sementinha que você planta e tem que regar todos os dias pra ela poder germinar e florescer.

Beijos, beijos e beijos

Nuvem de tags