Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘sentimentos’

Que seja eterno enquanto dure

Como é bom ter você

Sentir você

Lembrar de você

Momentos inesquecíveis os nossos

Eu brinco sempre que é a tampa e a panela

Hahahahaha

Porque nós nos completamos

Nos damos além de muito prazer

Muita diversão também

Carinho, atenção, cuidado, etc

Uma infinidade de sentimentos

Tudo o mais sincero possível

E verdadeiro

Como é bom saber que somos importantes para alguém…

Como diz nosso querido poeta:

“Que seja eterno enquanto dure…”

A dúvida

 Um dia desejamos encontrar o amor de nossa vida

Uma paixão

Um desejo

Uma vontade

Aí, este belo dia chega

Encontramos alguém

Alguém que nos faz suspirar

Que nos faz sorrir e chorar

Aí, nos perguntamos se é a pessoa certa

Vem a dúvida de sentimentos

Descobrimos que aquele alguém

Não sente por você o mesmo que você por ele

Tudo é tão complicado

Muito complicado

Vem a dúvida

A incerteza

Talvez a exigência seja grande demais

Não sei ao certo

Talvez queremos muito

Talvez desejamos muito

Idealizamos muito

Não sei

Só sei que a dúvida existe

E a dúvida persiste

 

Feliz Páscoa a todos !!!

Que nesta páscoa os desejos se renovem

Que as esperanças também se renovem

Que o significado que ela representa de morte e vida

Seja na verdade, a morte dos nossos piores defeitos

E o renascimento das nossas melhores qualidades

Todos nós podemos renascer de novo

Dia após dia

Basta querer e estar disposto a isso

Podemos renascer para uma nova vida

Um novo amor

Um novo trabalho

Novos amigos

Novos sentimentos e …

Novas emoções

Me disseram…

8

 

 

 

Um dia me disseram: – Não chore

Mais eu chorei

Um dia me disseram: – Não ame

Mais eu amei

Um dia me disseram: – Não se envolva

Mais eu já estava envolvida

Um dia me disseram: – Não sofra

Mais eu já sofria

Um dia me disseram: – Esqueça!

Mais eu tinha memória

Não conseguia esquecer

Então me perguntaram: – E agora?

– Agora? Eu respondi:

– Agora, já é tarde

Agora eu já chorei, já amei, me envolvi, sofri…

Agora lutarei com minha memória

Negarei meus sentimentos

Ausentarei-me por alguns momentos

Para me refazer

Sou eu quem pergunto:

– E agora?

Hoje

4a

Hoje meu amor

Vou me entregar a ti

Vou te amar loucamente

Vou te beijar incansavelmente

Hoje eu te quero

Hoje saberás do que sou capaz

Saberás que te quero

Sentirás o meu desejo

Sentirá o meu cheiro, o meu perfume de mulher, de fêmea

Sentirás meu louco desejo

Hoje meu amor, será: eu, você, a lua cheia, o vinho, a música

dos nossos gemidos e sussurros

Será um encontro de almas e de corpos

Um encontro de desejos e sentimentos

Hoje meu amor

Apenas eu e você

Expectadores de uma peça encenada por nós mesmos

Aplaudidos e exaltados pelo desejo e pela conquista

Vencidos apenas pelo cansaço

Hoje meu amor

Será eu e você

Um sobre o outro

Um dentro do outro

Até que não exista mais eu e você

Até que um sugue o outro

Até que um trague o outro

Até que exista apenas um

Somente um meu amor

Seu brinquedo

11

 

 

De repente

Você surgiu na minha frente

Não só nossos olhares

Mais as nossas vidas se cruzaram

Sorrisos e olhares trocados

Um anjo em forma humana

Um demônio na forma de anjo

Roubou meus sentimentos

Levou meu coração

Se apoderou da minha mente

Me tirou a razão

Me desnorteou

Me deixou sem chão

Sem teto

Segurou na minha mão e me levou ao paraíso

Depois, me jogou no inferno

Fui o seu fantoche

Fui seu brinquedinho até você se tornar gente grande

Até você se cansar de brincar

Até você trancar o brinquedinho no armário e…

Esquecê-lo

Viva o amor próprio

1l

 

“Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Gostar é sentir com a alma,

mas expressar os sentimentos depende

das idéias de cada um.

Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele.

Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente.

Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e damos o nosso a eles.

Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha a preencher o buraco que nós cavamos.

A insatisfação, o vazio interior se transforma na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão.

Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades.

Só quem se ama pode encontrar em sua vida Um Amor de Verdade”

 

E viva o amor-próprio!

 

*por Zíbia Gasparetto

 

Nuvem de tags