Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘pessoas’

Reflexão

O que realmente importa nessa vida?

Se você soubesse que a sua vida estaria na reta final, o que você faria?

Esses dias eu estou me fazendo essas perguntas.

Não é depressão, nem pressentimento ruim não.

Nada disso!

É apenas uma reflexão de tudo o que eu vivi até aqui, e de tudo o que

 eu ainda posso e vou viver.

Claro que uns exames que eu fiz recentemente contribuíram pra essa “pausa”

Ás vezes a gente dá uma certa importância pra aquilo que nem tem

tanta importância assim.

Não sei…

Na pressa e na correria do dia a dia, esquecemos das pessoas, esquecemos o quanto elas são importantes na nossa vida.

Esquecemos o mais importante, esquecemos de dizer ou de demonstrar isso pra elas.

Aí o tempo passa, os dias passam e …

Tudo passa

Cada pessoa tem a sua devida importância sim

Cada uma é ímpar

Tem as suas qualidades, defeitos e gostamos delas mesmo assim, não é verdade?

Se você ainda tem dúvida, basta se perguntar: – O que eu faria se nunca mais eu falasse ou visse tal pessoa?

É tão bom saber que somos amados e queridos pelas pessoas

Por isso a importância de falar e de demonstrar

Eu acho que tenho pecado nisso

Estou me deixando ser sugada pela correria do dia a dia e esquecendo temporariamente das pessoas que realmente importam em minha vida.

Mais fico feliz com essa minha atitude de poder enxergar a tempo de mudar ainda

Quem sabe…

Imagine quem não teve tal oportunidade, o que daria para poder voltar atrás

Mas infelizmente, a vida não é um filme

Não se pode voltar atrás

Nunca!

O que passou… Passou

Pode-se tentar corrigir daqui em diante

Mas sabemos que não podemos apagar o que já aconteceu

Tem tanta coisa que ainda quero fazer

Tanta coisa que ainda quero dizer

Viver!!

Queria poder ser uma pessoa melhor

Queria não, EU QUERO

Anúncios

Coisa Alguma…

Era interessante passear naqueles fins de tarde naquela estradinha de terra cercado de árvores formando uma alameda de sombra e cheiros tão especiais quanto as lembranças que eu guardava. E eu também me perguntava destas coisas da vida que não conseguimos explicar e também das pessoas que eu não conseguia entender. Será que elas nos testam? Elas devem se fechar em copas pra que a gente continue tentando entendê-las até que em algum momento começam a se deixar desvendar. Deve ser por isso. O problema é que a ansiedade nos mantém fazendo os mesmos gestos e palavras de antes e de sempre. E sem encontrar as respostas, acabamos sem interesse de prosseguir com coisa alguma…

 by Neo

 

Presente do amigo amado NEO para o Divã

Obrigada querido!

Apenas lembranças

2

 

 

Tem coisas na vida que não conseguimos entender

Tem pessoas na vida que não conseguimos esquecer

Tem momentos que se eternizam em nossas memórias

São gestos, são palavras, são toques, beijos, olhares,cheiros…

Uma infinidade de lembranças que fazem morada definitiva

em nossas mentes

Lembranças boas ou não tão boas

Apenas lembranças de alguém, de algo ou de nós mesmos

Lembranças que brincam de ir e vir

Lembranças que teimam em existir

Lembranças que nos atormentam

Lembranças suficientes para lembrar que temos que esquecer

Mais infelizmente, não depende exclusivamente da nossa vontade

Nem sempre somos donos da nossa vontade

Não é assim

Não basta apenas querer

É preciso entender

Talvez sofrer para conseguir esquecer

Talvez amar para conseguir entender

Talvez entender para esquecer

Talvez esquecer de entender

Talvez esquecer de querer

Talvez esquecer de lembrar

Tristeza da alma

ch

 

Ahhhhhhhhhh

Meu coração ta doendo

Chorando e sangrando

Como as pessoas são:

Ingratas, distantes e ausentes

Como as pessoas são indiferentes

E sabe o que mais me machuca?

Sabe o que mais me consome?

É, acreditar que existe alguém diferente por aí

Alguém que se importe com os sentimentos das outras pessoas

Alguém sem interesse?

Tolice!

Ninguém faz nada sem interesse aos outros

Ninguém!

Essa que é a verdade

Desculpe meu desabafo, mais eu estou muito incrédula.

 

 

 

A felicidade pode demorar

felic

 

Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer
senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.
Às vezes nos falta esperança.

 Às vezes o amor nos machuca profundamente,
e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.
Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar,
tanto quanto precisamos respirar… É nossa razão de existir.
Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.
Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração
pela falta de uma única pessoa.
Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver,
até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol,
a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto.
É a força da natureza nos chamando para a vida.
Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança,
te traíram sem qualquer piedade.
Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo.
Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram…
Descobre também que outras disseram eu te amo uma única vez.
E agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrado.
Não deixe de acreditar no amor. Mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá.
Manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam. E certifique-se de que
quando estão juntos, aquele abraço vale mais que qualquer palavra.
Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa
te deixar, então nada irá lhe restar.
Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento,
manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco.
Pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda
mais intenso, do que teria sido no passado.
Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário.
Existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo.
A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna.
A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem…

 

 

Por Luiz Fernando Veríssimo

Essa sou eu

eu

 

Sabe que ainda hoje eu estava rindo de mim mesma?

Eu sou uma figura!

Ontem, eu estava esperançosa com a vida e com as pessoas.

Mais aí, alguém me deu um beliscão e eu acordei.

Vi que minha esperança se foi…

Fiquei triste, muito triste, chorei, ouvi música (dessas que fazem a gente refletir), adoro música.

Escrevi um pouco, procurei me distrair e o dia passou.

Hoje acordei ainda triste, sem brilho e sem energia.

Sabe aqueles robôs programados para levantar, trabalhar, enfim, executar as suas tarefas sem pensar muito e sem pensar em nada.

Mais não chorei, e ainda escrevi, ainda ouvi música (ah essa é todo dia, estando triste ou feliz, lá estou eu ouvindo música) e como num passe de mágica, a esperança voltou.

Apareceu a margaridaaaa!

Ressurgi das cinzas, renovada para recomeçar, recomeçar sempre, todos os dias se necessário for.

Mais ou menos assim, levantei, sacudi a poeira, ajeitei a roupa, o cabelo, passei aquela maquiagem básica que toda mulher tem que usar (embora não precise J).

Fiquei linda, mais linda ainda, se é que isso é possível (brincadeirinha) e pronta para andar para frente de encontro ao futuro.

Essa sou eu.

Decepção

choro

Quem já leu aquela famosa frase: “Decepção não mata, ensina a viver.”

Acho que todo mundo.

Decepção é a frustração de um sentimento, de uma ilusão, de uma esperança, de algo que queríamos muito que acontecesse, mas não aconteceu.

Ou até aconteceu, mas não da forma como gostaríamos.

Decepção no amor, na amizade, na família, no trabalho etc.

Comparo a decepção com um punhal frio, gélido, afiado que entra no peito rasgando de fora a fora e deixando um corte profundo na carne e na alma, tão profundo que irá demorar e muito para se curar e que mesmo fechado, restará uma dolorosa cicatriz.

Talvez vale lembrar que não são as pessoas que nos decepcionam, mas somos nós que esperamos muito delas. Sinceramente, não sei ao certo, ainda estou aprendendo a viver.

O meu maior defeito é confiar nas pessoas.

Quase sempre me decepciono com elas.

Eu espero que as outras pessoas ajam com a mesma hombridade que eu, com a mesma sinceridade que eu, mas não é assim que funciona.

Então, é decepção na certa.

É tudo um jogo, um jogo de interesse aonde as pessoas vão dando as cartas conforme as suas necessidades e vontades.

E ganha o jogo quem souber jogar melhor, quem souber blefar melhor.

Sinto-me decepcionada com coisas que aconteceram.

Sinto-me iludida e enganada.

Mas sinto-me aliviada, pois estou aprendendo a viver…

Nuvem de tags