Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘noite’

O amor…

 

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração para de funcionar 
por alguns segundos, preste atenção. Pode ser a pessoa mais importante

da sua vida. 

Se os olhares se cruzarem e neste momento houver o mesmo brilho intenso 
entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde

o dia em que nasceu. 

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos 
encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês. 

Se o primeiro e o último pensamento do dia for essa pessoa, se a vontade de 
ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça porque Deus te mandou

 um presente divino: o amor.

Se um dia tiver que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca 
receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais 
que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro. 

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a 
outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las 
com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer 
momento de sua vida. 

Se você conseguir em pensamento sentir o cheiro da pessoa como se ela 
estivesse ali do seu lado… Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, 
mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos 
emaranhados… 

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que 
está marcado para a noite… Se você não consegue imaginar, de maneira 
nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado…

Se você tiver a certeza que vai ver a pessoa envelhecendo e, mesmo assim, 
tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela… Se você preferir 
morrer antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou em sua vida.

É uma dádiva. 

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou 
encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e por não prestarem 
atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer 
verdadeiramente. 

É o livre-arbítrio. Por isso preste atenção nos sinais, não deixe que as 
loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida:

o amor.

 

* por: Carlos Drummond de Andrade

 

Um dia após o outro

Nada como um dia depois do outro

Nada como um dia após uma noite

Nada como o sol depois da tempestade

Nada como o calor depois do frio

Nada como um sorriso depois do choro

Nada como um abraço depois do medo

Nada com a água para quem tem cede

Nada como a comida para quem tem fome

Sábias palavras

Sábios ditados

Nada como ver aquele que te fez sofrer… Sofrer

Nada como ver aquele que te fez chorar… Chorar

Aquele que antes riu de uma paixão impossível

Hoje, está impossivelmente apaixonado

Aquele que te desprezou

Hoje, é desprezado

Aquele que não te compreendia

Hoje, é incompreendido

Um ciclo vicioso

Uma armadilha da vida

A maneira que a vida encontrou de mostrar no mesmo grau de intensidade

o sofrimento causado por nós mesmo

Uma forma dolorosa de entendimento

Mais necessária para aqueles sem coração, sem sentimento,

sem emoção e sem entendimento

Enxergo como uma forma de crescimento

Uma forma dolorida mais necessária de entendimento

Encontro casual

ca

Nós fomos loucos

Nós somos loucos

Loucos de desejo

Loucos de vontade

Loucos pela curiosidade

Mas estava escrito

Tinha que ser assim

Tínhamos que nos encontrar daquele jeito

Sem razão

Sem explicação

Sem lógica alguma

Sem nada programado

Eu precisava disso

Você precisava disso

Foi um encontro casual astral

Uma noite praticamente inteira

Só eu e você

Na intimidade

Cúmplices um do outro

O mundo podia se acabar lá fora

E daí?

Só não podia acabar lá dentro

Porque ainda tinha muito que acontecer

Muito para viver

Muito para conhecer

Só eu e você

 

Me apaixonei

uu

Me apaixonei por você

É… Decididamente estou apaixonada sim

Bastou uma noite, uma única noite, um único momento para a paixão

despertar em mim

Um aperto no peito com sua ausência

Uma vontade sem tamanho de estar com você

Me pego sonhando acordada e lembrando de você

Lembrando dos nossos momentos

Toques, carícias, pele, cheiro, beijos… Muitos beijos

Ainda sinto o seu perfume me invadindo

Ainda me lembro do seu olhar

Seus gestos

Tudo gravado, editado e reprisado em minha memória

Tudo! Absolutamente tudo!

Se você soubesse a falta que me faz

Se você soubesse como foi bom

Você nem tem idéia

E nunca terá

Quem sabe um dia…

O mesmo destino que nos colocou juntos aquela noite

Encarregar-se-á de repetir a proeza

Frente a frente novamente

Eu e você

 

Entrega

sensual

Aquela noite estava reservada para nós dois.

Ela foi escrita e editada com riqueza de detalhes.

Uma alquimia pairava no ar.

Pura magia.

Dois corpos sedentos de desejos.

Dois corpos entregues a volúpia a ao prazer

Sensações inexplicáveis e indescritíveis

Fomos arrebatados

Fomos envolvidos

Fomos laçados

Um ao outro

Aquilo que aconteceu não foi simplesmente uma conjunção carnal.

Não, não foi.

Foi muito mais que isso.

Foi uma conjunção de almas, de vontades, de corações e de sentimentos.

A mais absoluta entrega.

Levitamos de prazer.

Levitamos de satisfação

Sensações que o tempo jamais conseguirá apagar.

Nuvem de tags