Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘decepção’

Mais uma decepção

Aconteceu de novo

Mais uma decepção

Mais um “algo” não compreendido

Mais uma pessoa que me faz sofrer

Que me faz chorar

Que faz eu me sentir um NADA

Que faz eu me sentir usada

Produto descartável

Lamentável isso!

Meu coração dói

Chora

Pulsa

Lateja

Mais…

Faz parte do aprendizado

Embora eu não acreditasse

Eu sabia que isso poderia acontecer

E… Aconteceu

Paciência

Mais dessa vez eu nem caí

Dessa vez eu me abaixei

Segurei firme e…

Estou de pé novamente

Porque sou uma pessoa intensa de verdade

Se eu tiver que sofrer

Eu sofro

Se eu tiver que chorar

Então eu choro

Não tem meio termo comigo

Ou é tudo

Ou é NADA

 

 

Incansável busca

bu

 

Não me canso de buscar

Muito embora o cansaço, a desilusão e a decepção me atormentem a desistir de tudo

Mas não posso me cansar

Não tenho esse direito

Eu ainda posso recomeçar

Eu ainda quero viver intensamente

Eu tenho o direito a ser feliz

A amar e a ser amada

Continuo na minha incansável busca

Esbarro em desconhecidos

Esbarro em palavras e em sentimentos falsos

Mas é inevitável e faz parte da procura

Uma eterna procura?

Talvez…

Como saber?

Ou quem sabe a procura já está chegando ao fim?

Isso só o futuro dirá

Agora de concreto, só a vontade de alcançar

A vontade de possuir!

E a vontade de ser feliz!

Decepção

choro

Quem já leu aquela famosa frase: “Decepção não mata, ensina a viver.”

Acho que todo mundo.

Decepção é a frustração de um sentimento, de uma ilusão, de uma esperança, de algo que queríamos muito que acontecesse, mas não aconteceu.

Ou até aconteceu, mas não da forma como gostaríamos.

Decepção no amor, na amizade, na família, no trabalho etc.

Comparo a decepção com um punhal frio, gélido, afiado que entra no peito rasgando de fora a fora e deixando um corte profundo na carne e na alma, tão profundo que irá demorar e muito para se curar e que mesmo fechado, restará uma dolorosa cicatriz.

Talvez vale lembrar que não são as pessoas que nos decepcionam, mas somos nós que esperamos muito delas. Sinceramente, não sei ao certo, ainda estou aprendendo a viver.

O meu maior defeito é confiar nas pessoas.

Quase sempre me decepciono com elas.

Eu espero que as outras pessoas ajam com a mesma hombridade que eu, com a mesma sinceridade que eu, mas não é assim que funciona.

Então, é decepção na certa.

É tudo um jogo, um jogo de interesse aonde as pessoas vão dando as cartas conforme as suas necessidades e vontades.

E ganha o jogo quem souber jogar melhor, quem souber blefar melhor.

Sinto-me decepcionada com coisas que aconteceram.

Sinto-me iludida e enganada.

Mas sinto-me aliviada, pois estou aprendendo a viver…

Nuvem de tags