Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘colo’

Colo

download

As vezes precisamos de um colo
Um colinho quente e macio

Um colinho aconchegante

Pedir demais?

Dá vontade de se aninhar e ficar ali por horas

Pensando em nada, pensando em tudo
Se sentir amparada, amada e querida

Se sentir importante

Mas esse colo não vem e bate a tristeza

Bate a solidão lá no fundo do peito

Lá no fundo do coração

Frustração…

Anúncios

Será pedir muito?

Tudo o que eu mais queria era ser adorada

Será pedir muito ser admirada?

Ser acariciada, beijada, abraçada….

Amada!?

Isso será pedir muito?

Alguém que me trate com o devido carinho e respeito.

Alguém que seja teimoso ao ponto de me mimar

De adivinhar os meus pensamentos

De me agradar o tempo todo

Alguém que não seja egoísta

Que não se importe apenas consigo mesmo

Alguém que me coloque no colo e me aconchegue

Que olhe nos meus olhos na hora do amor

E me diga: – Adoro você

Alguém que me trate como pessoa

Como mulher que sou

E não apenas como um objeto de desejo

Descartável!

Alguém sensível e capaz de se doar também

Isso será pedir muito?

 

 

 

 

Um desabafo

lag
Quanta tristeza habita em mim
Um vazio enorme que não consigo preencher
Uma vontade de chorar toma conta de mim
Uma incredulidade me assola
Por que?
O que há de errado?
Eu me dou inteira para as pessoas, mais recebo apenas migalhas delas
Sou sincera e verdadeira com as pessoas mais recebo mentiras delas
Eu procuro um colo que me aqueça, mais sou abandonada por elas
Algo está muito errado, sei disso
Mais o que?
Estou muito cansada de sofrer e pior que isso…
Estou muito cansada de buscar
Parece que busco em vão
Procuro, procuro e não acho
Desbravo matas fechadas e não chego a lugar algum
Sempre sozinha
Sempre me sentindo sozinha
Será melhor morrer?
Fechar os olhos e não sofrer mais?
O que fazer?
(lágimas)

Quero colo

colo

Quero colo

Preciso de um colinho

To cansada de ser gente grande.

Quero ser criança

Quero chorar e ter alguém correndo ao meu encontro de braços abertos pra me aninhar no colo.

Quero poder falar as coisas que nem criança, sem papas na língua.

Quero perder a noção do tempo, do dia e da hora.

Quero brincar.

Quero pular.

Quero sorrir

Quero esbravejar, chorar e fazer beicinho.

Quero acreditar em conto de fadas onde todos serão felizes para sempre.

Quero alguém que cuide de mim.

Quero alguém que ande de mãos dadas comigo.

Quero a inocência de uma criança.

 

Nuvem de tags