Falando sobre amor, paixão, encontros e desencontros…

Posts marcados ‘amores’

Olhar…

olhos-fechados

Olhos fechados pra te encontrar

Não estou ao seu lado, mas posso sonhar

E aonde quer que eu vá levo você no olhar

..

Não sei bem certo se é só ilusão

Se é você já perto

Se é intuição

E aonde quer que eu vá levo você no olhar

Aonde quer que eu vá…

Aonde quer que eu vá…

..

Longe daqui

Longe de tudo

Meus sonhos vão te buscar

Volta pra mim

Vem pro meu mundo

Eu sempre vou te esperar…

…..

Mais uma daquelas músicas que você ouve depois de algum tempo e ela “te pega”. A música tem qualquer coisa de mágica e espetacular em si e por isso é tão especial.

Ela te remete a momentos, fases, acontecimentos importantes, esperanças realizadas ou até frustradas. Ela te coloca pra cima, te envolve na dança.. na batida da caixa ou do coração. Não importa. Ela externa os sentidos…

Motivado pela música me atrevi a escrever algumas coisas aqui durante a ausência da Samantha e compartilhar com você um pouco destas sensações. Porém, temo não chegar nem perto da delicadeza, suavidade e brilho com que ela escreve e transmite as coisas do coração…

Mesmo assim, atrevo-me…

Se puder, me acompanhe.

Abraços

___

Neo

Ano novo

ano

Ano novo!

Vida nova!

Novas promessas

Novos desejos

Novas vontades

Novos amores

Tudo de novo!

Um novo ciclo se inicia

Uma nova vida recomeça

Novos acontecimentos

Novos sentimentos

Novos pensamentos

Tudo novo?

De novo!

Não tem como ser diferente

E nem pode

Pra quê?

Só recorrente, incidente e insistente.

Coração dividido

coi

Amar já é tão complicado… E tão sofrido…

Imagina amar dois amores?

Que dúvida!

Um amor traz a calma e o conforto

O outro amor, o desejo e a paixão

Queria poder ter dois corações dentro do peito

Pra não ter que esconder emoção

E nunca mais sofrer desse jeito.

Dois amores verdadeiros sem medo de assumir

Sem mistérios, nem segredos e sem ter que decidir.

Meu coração dividido e escondido entre duas paixões

Eu sei que não tem sentido…

Duas verdades e duas ilusões.

Mas a vida tem dessas coisas

Tem horas que a gente fica mesmo

com o coração dividido e não tem jeito.

Coração dividido…

Esse é meu dilema, meu lema e meu poema.

 

*Este post contem um pequeno trecho da letra da música

 Coração dividido de Fábio Júnior

 

Meu momento

Estou num momento muito meloso digamos assim, da minha vida.

Momento esse de busca, de paixão, de amores e de tudo.

Estou sempre buscando e sempre reinventando.

Sou muito sentimental e intuitiva também.

Sou uma manteiga derretida.

Eu me dou por inteira paras as pessoas (e dependendo da pessoa, você aí que está lendo, pode considerar o “dou” no sentido literal mesmo da palavra).

Eu sou assim.

E nesse momento em especial, quando escrevo aqui, não consigo fugir dessa linha sentimental.

Estou sempre escrevendo sobre amores, paixões, encontros e desencontros.

Pois ainda acredito em sentimento, ainda acredito que duas pessoas possam sim ser completadas uma pela outra, independente de qualquer coisa, independente da realidade de ambas.

Sei que as coisas nem sempre acontecem como gostaríamos.

Mais elas acontecem.

E nós temos que buscar, acreditar e fazer acontecer…

Paixões

Ah os sentidos…

Ah os amores…

Ah as paixões…

Outro dia eu estava lendo uma matéria sobre amores fáceis e difíceis.

Sabe, infelizmente não há uma receita para saber qual desses dois amores é o melhor e o que nos fará bem e feliz.

Relacionamentos são diferentes e sempre difíceis.

Mas são desafios que valem a pena ser encarados.

Muitas vezes apostamos todas as nossas fichas numa canoa furada e outras, deixamos passar aquela pessoa que poderia ser uma ótima companheira ou uma grande paixão.

Muitas vezes procuramos na maneira convencional de amar a felicidade.

Mas muitas vezes nos surpreendemos com uma grande paixão, que brota, assim sem lógica e sem explicação alguma.

Para se permitir viver uma grande paixão, é necessário não se preocupar com o futuro, e sim… viver o momento que pode ser passageiro ou não, pois tudo na vida dura o tempo necessário para se tornar inesquecível.

Cabe a você amigo (a) se permitir viver e desfrutar sem medo desse sentimento que faz a alma flutuar, o coração palpitar, a boca ressecar, a mão gelar e cabeça desvairar…

Fáceis ou difíceis, mas sempre verdadeiros.

Nuvem de tags